Destaques

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Ansiedade infantil - Como lidar


Hoje queria falar sobre a ansiedade.. muitas vezes tão difícil para nós adultos controlarmos.. como podemos ajudar nossos filhos?

A vida agitada, a agenda lotada e a tecnologia sempre disponível tornaram a paciência uma qualidade que não se desenvolve sozinha. A formação atual das famílias faz com que os filhos, sem irmãos, não tenham que esperar a sua vez para nada. Crianças não precisam nem ao menos aguardar seu desenho favorito passar na televisão: podem assisti-lo a qualquer hora, em qualquer plataforma e lugar. É comum observarmos os pequenos envolvidos em tablets e celulares em restaurantes, para que todos jantem em tranquilidade, não é verdade?

As soluções ao alcance de um clique causam ansiedade, e não apenas nas crianças. Isso piora quando os pais, para compensar a menor disponibilidade de tempo, satisfazem todas as vontades da criança. Crer que o mundo é um lugar adaptado aos seus desejos cedo ou tarde traz sofrimento, e constatar que o planeta não gira ao redor deles nem sempre é fácil.
Ensinar paciência exige envolvê-los nas situações: explicar a necessidade da espera e ensinar brincadeiras que não incluam tecnologia para que se distraiam. 
É preciso falar sobre o que está acontecendo quando estão no supermercado, por exemplo, em vez de excluí-los dessas atividades. Ao compreenderem que existe um processo para que as coisas fiquem prontas ou aconteçam, crianças tornam-se mais felizes. 
A paciência melhora o aprendizado e diminui a ansiedade, já que elas aprendem a ouvir, pensar antes de falar e argumentar.

O transtorno de ansiedade de separação é um dos mais comuns em crianças pequenas. Elas temem que algo possa acontecer com seus pais, como acidentes, sequestros, assaltos ou doenças. Em casa, precisam de companhia para dormir e resistem ao sono – e até pesadelos acontecem. Por ter medo de estar longe, ficam assustadas até na escola.
Por isso precisamos ajudá-los nesse processo.
-------------------------------------------

Aqui em casa tenho buscado ajuda-la nesse sentido. Como ela é filha única, é um desafio e tanto! É como se o mundo girasse somente em volta dela, e tudo precisa acontecer na hora dela!
Mas a vida não vai trata-la com esse imediatismo, e eu preciso, como mãe, ajuda-la e prepara-la para viver nesse mundo. Mesmo eu tendo minhas limitações e defeitos.. essa é minha Missão!
O que tenho feito, é ser firme com ela e não voltar atrás do que falo.
Antes, o café da manhã era uma luta! Ela me chamava na hora que eu estava preparando meu café da manhã.. e eu tinha que dar atenção, parar o que estava fazendo e atender ela! Aí pensei: Isso está errado! Ela precisa aprender a esperar!
Comecei a trabalhar isso com ela. 
Ela me chamava e eu conversava com ela e explicava que naquele momento ela teria que esperar eu tomar o meu café da manhã! Chamava ela pra me ajudar, ou deixava ela fazer birra! Imagina que delícia comer com criança fazendo birra?? As vezes eu nem conseguia comer, mas ficava ali, contando até Mil pra não perder o controle, porque não é fácil..
Mas com o tempo ela foi acostumando.. e hoje ela entende, ela já sabe que precisa esperar! E eu preparo me café da manhã tranquilamente.

Eu falo muito pra ela que tudo tem o seu tempo! Ela pode chorar e não compreender muito isso agora.. mas ela precisa respeitar o tempo de cada coisa! É fácil? Nãoooo! Tem hora que dá vontade de ceder! Mas uma qualidade que tenho é ser firme nas minhas decisões, e acredito que a dificuldade de hoje, será a vitória de amanhã!
Ainda estou trabalhando isso com ela em várias outras situações, estamos aprendendo juntas e com paciência e dedicação vamos conseguir ajudá-los a controlar a ansiedade, e quem sabe assim não aprendemos a lidar com a nossa também, né?

E como tem sido com vocês? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe aqui seu Comentário!! Beijosss