Destaques

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Como aumentar a imunidade das crianças


Depois que Sophia entrou na escola, começou a ficar mais doentinha.
Ela dificilmente ficava com resfriado, porque não tinha tanto contato com crianças, e quando tinha era no parquinho ao ar livre, tomava mais solzinho da manhã, e se alimentava super bem, não estava tão seletiva.
Ela entrou em fevereiro na escolinha, e Março já começou o outono, e bem nessa época sazonal, ela começou a ficar doentinha, e foi uma coisa atrás de outra....
Isso faz parte, pra que ela desenvolva a imunidade, mas precisamos ajudá-los nesse processo.
Então vou compartilhar algumas dicas que peguei com o pediatra, otorrino que tenho aplicado aqui em casa, e que está ajudando.


Medicamento Homeopático para ajudar na Imunidade
Tanto o Pediatra como o Otorrino, me indicaram o Oscillococcinum.
O Oscillococcinum promete aumentar a imunidade do organismo, nos estados gripais ou até mesmo antes da sua chegada. Esses medicamentos homeopáticos, são derivados de plantas, animais ou minerais, ou seja, são mais naturais.
Ele vem em uma caixa, com dosagens já certas para o dia em forma de bolinhas que podem ser ingeridas facilmente sozinhas ou misturadas em iogurtes, sucos, papinhas, frutinhas.
O medicamento pode ser usado para prevenir como também quando a criança está com o vírus da gripe. Apesar de ser um produto homeopático, recomendo que ele seja usado somente quando o pediatra autorizar e da maneira que ele prescrever.

Alimentação Saudável
Eu acho super importante!! Hoje em dia Sophia está mais seletiva, mas mesmo assim eu continuo oferecendo de tudo! Muita gente pode me questionar.. mas mesmo assim ela pega gripe?? Ninguém está livre de pegar uma gripe ou resfriado, mas ela está na escola, tendo contato com outros vírus e bactérias.. isso tudo faz parte da vida e ela precisa criar imunidade, mas se ela estiver bem nutrida, a recuperação será melhor!
Frutas, verduras e legumes devem estar presentes, são eles que irão contribuir para a necessidade diária de vitaminas, sais minerais e nutrientes, fortalecendo o organismo. Para incentivar o consumo desses alimentos, minha dica é mudar a maneira de fazer, deixa mais atrativo, ou até mesmo misturar com outros alimentos, como incluir no omelete, no recheio da torta.. 

Vacinação
É fundamental para proteger as crianças de uma série de doenças graves. Se você tem receio dos efeitos colaterais que podem surgir, saiba que, em geral, não vai passar de uma febre e dor no local na picada. Vacine seu filho na data certa para dar uma força extra ao sistema imunológico. Se atrasar alguma dose, converse com o pediatra e vacine assim que possível. 

Higiene
O excesso de higiene pode aumentar o risco de a criança ficar doente. Criança precisa de Vitamina S (sujeita) como diz o pediatra.. passar toda hora álcool em gel em tudo, ficar desinfetando tudo, só vai deixá-los mais vulneráveis.
Para que seu filho ganhe mais imunidade, deixe-o livre para explorar o mundo à sua volta. O ideal é manter os cuidados básicos de higiene, como lavar as mãos após ir ao banheiro, antes das refeições, escovar os dentes, manter a casa sempre limpa.. mas sem paranoia!

Vitamina D - Sol
Fundamental para a saúde das crianças, o banho de sol deve fazer parte do dia a dia da vida deles a partir do primeiro mês. Isso eu posso dizer que sempre fazia com a Sophia.. hoje, como ela vai á escola pela manhã, e muitas vezes a tarde muda o tempo, e fica friozinho.. acabo nem descendo com ela.. mas se o tempo está legal, sempre descemos para ela brincar e tomar o solzinho do final da tarde.
Cinco a dez minutos são suficientes para fortalecer o sistema imunológico da criança e, principalmente, ajudar o organismo a ativar a vitamina D. Lembrando que os melhores horários para a exposição ao sol é antes das 10h ou após 16h. O suplemento muitas vezes é necessário, o ideal é conversar com o pediatra.

Brincar
Jogar bola, andar de bicicleta, pular corda. São atividades que aumentam o número de células exterminadoras naturais, fundamentais no combate a infecções virais e células tumorais, segundo pesquisa realizada por Ranjit Chandra, imunologista pediátrico da Universidade Memorial de Newfoundland, no Canadá. A prática regular de exercícios propicia também o desenvolvimento da musculatura e esqueleto da criança. Sem contar que ajudam a controlar o peso e a reduzir o colesterol. Mas é preciso que o seu filho sinta prazer na atividade escolhida, e que seja feita de forma moderada. O bom senso é sempre a melhor medida.

Vamos ajudar os pequenos nesse processo de ganhar mais imunidade, para que fiquem fortalecidos!
Com carinho,
Natália

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe aqui seu Comentário!! Beijosss